Shopping virtual ajuda lojas de cerâmica a aumentar vendas em Porto Ferreira

Empreendedores apostaram na plataforma criada por startup para divulgar os produtos.

Lojas de cerâmica de Porto Ferreira registram aumento nas vendas online Com a pandemia de coronavírus, as lojas de cerâmica de Porto Ferreira (SP) precisaram fechar as portas.

Mas, para driblar a crise econômica, os empreendedores encontraram nas vendas onlines uma alternativa para continuar faturando. O setor se reuniu em plataformas de marketplace que impulsionam suas vendas.

Um shopping virtual, criado por uma startup do próprio município, é um dos canais que tem garantido resultados aos lojistas. “Com a loja física fechada, ter um meio online que me ajuda a vender os produtos, faz com que eu consiga chegar aos consumidores de forma não presencial, garantindo a segurança de todos”, disse a dona de loja de cerâmica Chaiene Danielle, que contratou o serviço da startup. Startup Shopping virtual criado por startup de Porto Ferreira ajuda lojistas de cerâmica Ely Venâncio/Reprodução EPTV A startup, criada em abril de 2019, é o primeiro shopping virtual do país que reúne várias lojas apenas da mesma localidade.

Durante o início da quarentena, a procura pelo site cresceu 75% e as vendas, por meio da plataforma, aumentaram em 40%. “Com a quarentena, a partir do momento que as lojas tiveram que fechar as portas, perceberam que estando online conseguiriam andar com as próprias pernas e vender mesmo nesse período”, disse um dos fundadores da startup, Vinícius Tavares. Cerca de 200 comércios fecham e demitem em Araraquara No site, há mais de 3,5 mil produtos decorativos a venda Ely Venâncio/Reprodução EPTV O objetivo do site, então, é ajudar os estabelecimentos à aquecerem as vendas durante a pandemia.

Segundo Tavares, eles acreditam que como as pessoas estão mais em casa, há um sentimento de deixar o lugar mais aconchegante, o que faz as pessoas procurarem por produtos decorativos. “Hoje no portal são mais de 50 lojas, focadas essencialmente no nicho decorativo do município de Porto Ferreira e, aproximadamente, 3,5 mil produtos no mix dentro desse portal”, afirmou outro fundador, Ricardo Patroni. Alternativa Fábrica de produtos decorativos recupera faturamento com vendas online em Porto Ferreira Ely Venâncio/Reprodução EPTV O dono de uma fábrica de itens de decoração para casas e festas, Elton Burian, foi um dos empresários que encontrou nas vendas online uma alternativa para a produção não parar totalmente.

Ele se cadastrou no shopping virtual e já obteve resultados positivos. “A solução para quem tem indústria, tem empresa, é a venda online.

A startup, aqui em Porto Ferreira, tem ajudado bastante.

A gente sentiu um aumento de vendas dentro da plataforma”, disse. Com a quarentena, as vendas haviam caído 65% e, por isso, o quadro de funcionários precisou ser diminuído devido à crise econômica.

De 68 funcionários, agora, estão apenas com 14.

Contudo, com a plataforma ele afirma que está conseguindo se recuperar. Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.

Categoria:SP - São Carlos e Araraquara