PM Ambiental apreende 56 aves silvestres em casa e multa pode chegar a R$ 30 mil em Araraquara

Idoso mantinha pássaros das espécies canário-da-terra-verdadeiro, pássaro-preto, cardial, bigodinho e tico-tico-rei, além do bicudo-verdadeiro, que corre risco de extinção.

Polícia Ambiental de Araraquara apreende 56 aves silvestres e idoso é multado em R$ 30 mil Polícia Ambiental/Divulgação A Polícia Ambiental de Araraquara (SP) apreendeu, na manhã desta segunda-feira (29), 56 aves silvestres em uma casa e um idoso, responsável por manter os animais em cativeiro, deve ser multado em cerca R$ 30 mil. De acordo com a Polícia Ambiental, a equipe chegou ao local após uma denúncia.

Entre as espécies apreendidas, estão canário-da-terra-verdadeiro, pássaro-preto, cardial, bigodinho e tico-tico-rei, além do bicudo-verdadeiro, que corre risco de extinção.

Apreensão e soltura Ainda segundo a Polícia Ambiental, a autuação deve ultrapassar R$ 30 mil, sendo que são considerados R$ 500 para cada pássaro que não corre risco e R$ 5 mil reais para espécies com risco de extinção. Para os policiais, o idoso informou que os pássaros eram para criação própria e não para venda.

A equipe não encontrou instrumentos usados para captura dos animais.

Os animais devem passar por avaliação de veterinário para saber como está a saúde de cada um e serem reinseridos na natureza.

As espécies que não são típicas da região devem ser levadas para seu habitat natural. Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.

Categoria:SP - São Carlos e Araraquara